O QUE É O POMPOARISMO?

A palavra pompoar ou pompoir significa “pulsar”, movimento natural do canal vaginal que qualquer mulher executa quando atinge o orgasmo. Praticar exercícios possibilita à mulher repetir de forma consciente essas contracções. O acto de fortalecer os músculos pélvicos (vaginais e perineais), exercendo o total controlo da vagina, mais precisamente de três anéis musculares, designa-se de pompoarismo. O pompoarismo ajuda as mulheres a conhecer melhor os seus órgãos genitais e pontos de prazer, promovendo a autoconfiança e auto-estima, fazendo com que estas se sintam mais bonitas e sensuais.

ORIGENS DA ARTE DE POMPOAR
Embora Kegel tenha tornado populares estes exercícios no ocidente, a sua prática constitui uma técnica milenar oriunda da Índia, que foi transmitida de mãe para filha através dos tempos. Mais tarde, foi utilizada pelos Taoístas da China antiga, que desenvolveram os exercícios com vista a melhorar a saúde, a longevidade, a gratificação sexual e o desenvolvimento espiritual. O Tantra Yoga, considera o sexo como uma forma divina de se chegar à plenitude, e defende que o fortalecimento dos músculos pubococcigeos, desperta a energia, Kundalini, adormecida, na base da coluna. No início do século passado, gueixas japonesas e prostitutas tailandesas aprimoraram a técnica para proporcionar mais prazer aos seus amantes. Treinavam com as contas dos seus colares (daí o nome “bolas tailandesas”), as precursoras das actuais bolas ben-wa, para assim poderem, apenas com a vagina, massajar o pénis e fazer a movimentação sexual. As tailandesas foram mais longe, apresentando as suas capacidades de pompoaristas (fumar cigarros, apagar velas, ou arremessar longe pequenos objectos) para lucrarem em shows eróticos. Quando chegou à Europa, por elementos da equipa chefiada por Marco Polo, foi ensinada a mulheres para satisfazerem os elementos da burocracia e da alta sociedade. Estes ficavam muito surpreendidos quando uma mulher os conseguia satisfazer, sem recorrer praticamente a movimentos de anca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *